O Programa “Era uma vez, uma semente do bem” foi criado em 2019 pelo Observatório Social de Brusque e suas aplicações tiveram início em outubro daquele ano. O objetivo do programa é resgatar e/ou ensinar ensinamentos positivos, valores éticos e morais através do mundo encantado da literatura infantil,  fomentando a cidadania por meio da contação de histórias. Objetiva-se beneficiar, com as contações de histórias, todos os alunos dos 1°s, 2°s e 3°s anos do Ensino Fundamental I.

Em termos pedagógicos, o momento de contação de histórias é um instrumento muito importante no estímulo à leitura, no desenvolvimento da linguagem, da escrita e da imaginação. Com isso, as ações tanto são um complemento educacional como fomentam o ensino pautado em valores para a formação do cidadão.

O intuito do programa também é para que haja mais cidadãos com princípios e valores éticos e morais e que estes possam nortear sua vida e suas atitudes em sociedade. Honestidade, sinceridade, solidariedade, empatia, generosidade, respeito à diversidade, sustentabilidade, cooperação, não violência, participação, ser paciente, autoconfiança, otimismo e gratidão são alguns dos valores e ensinamentos que direcionam a escolha das narrativas. O programa também está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4 e 17. 

As contações de histórias são realizadas por uma contadora de histórias profissional com formação na área de atuação (Artes Cênicas) e com experiência em docência infantil.

O programa, de forma presencial, é desenvolvido em cerca de 45min de contação de histórias, para os alunos do 1° ao 3° ano do Ensino Fundamental I em uma sessão matutina e uma sessão vespertina para cada escola, reunindo os alunos destes níveis em um espaço amplo disponibilizado pela escola.

Em 2020, devido à suspensão de aulas presenciais, o programa tem sido executado de forma virtual através de transmissões ao vivo (lives) no Instagram da instituição (@os_brusque) ou transmissões ao vivo (lives) privadas no Youtube (através de link de acesso).

Desde o início da pandemia, até o final do ano letivo de 2020, contabilizaram-se 40 lives, 4.311 acessos ao vivo e 10.089 visualizações remotas, ou seja, o programa atingiu contabilmente 14.400 beneficiados, porém, sabe-se que os números são maiores, pois em um único acesso é possível ter várias pessoas assistindo (pai, mãe, irmãos, avó…).

Com a evolução virtual da aplicação do programa, expandiu-se o público beneficiado. As contações foram divididas em combos separados para o Ensino Fundamental I (agora do 1° ao 5° ano) e também para a Educação Infantil (de 3 a 6 anos de idade). As lives duram em torno de 35 minutos e têm cerca de 3 ou 4 histórias, sempre com valores/ ensinamentos positivos diferentes (como, por exemplo, honestidade, sinceridade, solidariedade, empatia, generosidade, autocontrole sobre momentos de raiva e nervosismo, autoconfiança, otimismo, gratidão…)

O referido programa não tem custo algum para as escolas participantes e/ou alunos e atualmente tem beneficiado alunos das escolas públicas (municipais e estaduais) e privadas dos municípios de Brusque, Guabiruba e Botuverá (SC).

Vale ressaltar que as narrativas que já foram contadas no ano de 2020 foram gravadas individualmente e estão disponíveis no canal do Observatório Social de Brusque no Youtube.

Escolada Cidadania do Observatório Social do Brasil

Iniciativa do Observatório Social do Brasil, como contribuição para o Pacto Pelo Brasil, a Escola da Cidadania é uma solução de ensino à distância (EAD). A proposta é trazer, de forma acessível, cursos e qualificações a cidadãos, empresários e gestores/servidores públicos.

Rua Heitor Stockler de França
CEP: 80030-030
Telefone: 41 3307-7058
E-mail: escola@osbrasil.org.br